quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Livros- O conde e o passarinho e Morro do isolamento- Rubem Braga



Delicioso!!
O mestre da crônica, que nos faz revisitar o que não está extinto, mesmo que já quase seja centenário.
Rio de Janeiro como pano de fundo principal.
Linguagem rica com nuances de poesia.
Compilação dos dois primeiros livros do autor, 1936 e 1944.
O meu livro comprei na Feira do Livro de Ribeirão Preto de 2018, na banca de ofertas, edição de 2002 da Record.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Livros- Entre contos e versos ... da gaveta- Heloísa Martins Alves


Heloísa é escritora versátil e transita pelos diversos gêneros literários com facilidade.
Fiel à sua temática de encontros e desencontros, belas paisagens, situações de sonho que sua experiência de vida e observação do farto material humano traduz em breves histórias, poemas e aldravias.
Escritora aqui da terra do Ribeirão Preto, atua como professora e ativista cultural em várias frentes.
Um bom caminho para conhecê-la.
O meu comprei no lançamento, na Feira do Livro de Ribeirão Preto de 2018, mas pode ser encontrado com a autora ou na editora Funpec.
Boa leitura!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Feriado



Não sei direito que dia é hoje.
Estes feriados prolongados e emendados me confundem.
Temos que nos antecipar em tudo, ou tudo fica estagnado, igualzinho você deixou, esperando por sua resolução.
Ao invés de descansar, acabo cansadíssima e sem nada aproveitar.
Por isso e porque o acaso me favoreceu com um "não" é que decretei meu feriado particular e estou aqui, fazendo o que gosto e do jeito que gosto.
Demos graças!!
Não é noite, sei, mas estou de pijamas.
Não sei se chove ou o sol brilha, fechei as cortinas e liguei o ar condicionado.
Procurei os papéis na séria intenção de trabalhar, cumprir agendas, extinguir listas, mas um "não", que teoricamente me faria sofrer, deu-me a tarde de solidão e escrita.
E eu me esbaldo, entre livros, vivências, recordações, possibilidades irrealizadas e irrealizáveis , planos e desejos.
Quebro a cabeça e faço esquemas infindáveis para ter mais disto e de outras coisas relegadas a subplanos.
Tenho fé e luto.
Por vezes me sinto a rainha da incompetência. Minhas amigas, " Oh príncipes, meus irmãos" como diz o Pessoa, de mesma idade e condição, assistem Netflix, enjoam de ficar nas mídias sociais, vão ao clube, piscina e academia.
Eu, "Nunca conheci quem tenha levado porrada ", ainda segundo Pessoa, não me lembro da senha do Netflix, mal cumprimento os aniversariantes do dia pelas mídias sociais, fui à piscina do meu prédio uma única vez nestes quatro anos em que aqui moro e pensei, seriamente, em cancelar a matrícula na Academia neste semestre.
Devo estar fazendo algo muito errado mesmo.
Acordo às seis e tem dias que mal dou conta de fazer o básico, refeições e banho, nem falo em sono.
No canto inferior direito desta máquina há um relógio que não para.
Meu patrão tempo me avisa que já é hora.
Fim da festa.
Peço o auxílio de quem me lê.
Se souber a fórmula de esticar o tempo, divida seu conhecimento comigo.
Ando por demais necessitada.
Beijos e até a próxima!!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Livros- Mulheres que correm com os lobos- Clarissa Pinkola Estés



Desejado por muito tempo, relembrado por uma colega do pilates, finalmente incluído como leitura de caminho e busca.
Em tempos onde as mulheres reconhecem-se valiosas, empoderam-se, aliam-se, este livro tem grande importância.
Nada fácil de ser lido, pode não lhe dizer nada ou revelar-lhe os maiores segredos, depende do leitor.
Livro para ser lido, relido, consultado.
Requer calma na leitura e tempo para reflexão.
Espero que aproveitem!
Escrito em 1992, publicado  no Brasil em 1994, ainda nas prateleiras das livrarias.
O meu comprei pela Estante Virtual , editora Rocco.

domingo, 9 de setembro de 2018

Livros- Noturnos- Kazuo Ishiguro



Então ele foi o Nobel de literatura e como não lê-lo?
Livro de contos que tem em comum a música em seus enredos.
Sensível, contemporâneo, oferecendo uma visão isenta de rótulos sobre vários mundos.
Não é seu livro mais famoso.
A linguagem não é um destaque e as histórias tem o mérito de nos colocar em outras peles.
Vale a boa e leve leitura.

Noturnos- Kazuo Ishiguro- Companhia das Letras- 2009- comprado no sebo, mas tem nas livrarias.

"Na manhã em que vi Tony Gardner sentado entre os turistas, a primavera havia acabado de chegar aqui em Veneza."

domingo, 2 de setembro de 2018

Livros- O jeito Disney de encantar os clientes-Disney Institute



Bem, nunca fui à Disney, mas, na minha tão adiada visita aos Estados Unidos tive um brevíssimo vislumbre visitando a loja da Disney em Time's Square.
Fiquei encantada, como se o ar, que ali respirava, fosse mágico. Daí posso deduzir que talvez enlouqueça na Disney.
Isto fez com que eu buscasse alguma explicação para isso e me aparece a oportunidade do livro, no qual já estava de olho.
Explico: trabalho com o público desde sempre, na profissão e na vida.
Sim! Quem trabalha com gente procura sempre aprimorar a maneira de atender as expectativas, encantando, com conforto e segurança.
Fui voluntária na Olimpíada do Rio de Janeiro e o treinamento sistematizava o cuidado com as pessoas.
O livro vem só reforçar o tema e mostrar um pouco da estrutura do complexo de diversão mais famoso do mundo.
Valioso!!

O jeito Disney de encantar clientes- Instituto Disney- 2011

" Walt Disney cultivou os talentos do seu "elenco" e os inspirou com sua visão para criar experiências inigualáveis de entretenimento. Ele sabia instintivamente que o seu sucesso de longo prazo dependia da capacidade de motivar as pessoas um dia por vez e uma inovação por vez."

domingo, 26 de agosto de 2018

Livros- Morte em Veneza- Thomas Mann



Um clássico!
Livro da lista de desejo.
Uma história que se passa em Veneza, a eterna e, me parece, sempre mesma, em um verão, tempo propício aos corpos livres e fraquezas de espírito.
Um livro curto e intenso, numa narrativa envolvente.
É, também, filme de sucesso, que vou colocar na lista.

Morte em Veneza- Thomas Mann- 1922- o meu é da coleção  Biblioteca Folha, do sebo, mas pode ser encontrado em livrarias.

"... a educação do povo e da juventude pela arte, um empreendimento  temerário que devia ser proibido. Pois, como pode servir de educador quem traz em si um pendor inato e incorrigível para o abismo?"


domingo, 19 de agosto de 2018

livros- o Leitor do trem das 6h27- Jean-Paul Didierlaurent



Este comprei pelo título. Instigante, não?
A trama é bem urdida e original e gira em torno do livro.
Um rapaz lê, todos os dias, em voz alta, para os usuários do mesmo trem, folhas aleatórias que traz de seu trabalho. Todos o ouvem embevecidos.
Deste início poético e incomum desenvolve-se a trama com mistério.
Uma boa história em livro curto e conciso, tamanho pocket.

O Leitor do Trem das 6h27- Jeas- Paul Didierlaurent- Intrínseca- 2015- o meu comprei na banquinha de ofertas da Feira do Livro, mas é encontrado em livrarias.

"Não se passa um dia sem que eu escreva. Não fazê-lo seria como não ter vivido esse dia, ter me limitado a esse papel de limpadora de xixi-cocô- vômito que querem que eu assuma, uma pobre moça que tem como única razão de viver essa função trivial pela qual lhe pagam."

domingo, 12 de agosto de 2018

livros- A Sombra do Vento- Carlos Ruiz Zafón




Desejava, ardentemente, ler este livro. Não sei se pelo título ou o quê. Apenas queria.
Numa busca por outro livro , em um sebo, deparei-me com a oferta deste e agarrei a oportunidade.
O livro conta a história de um jovem envolto numa trama de mistério e ação, relacionada aos livros e que se passa na cidade de Barcelona.
Confesso-me ligeiramente decepcionada, o trama acaba sendo banal e o livro cansativo.
Talvez o passeio por Barcelona seja bom através do livro, mas não tenho como avaliar pois não conheço o suficiente da cidade.
Enfim, desejo satisfeito.


A Sombra do Vento- Carlos Ruiz Zafón- editora Objetiva- 2001-  o meu comprei no sebo, mas tem nas livrarias.

" Quando uma biblioteca desaparece, quando uma livraria fecha suas portas, quando um livro se perde no esquecimento, nós, guardiães , os que conhecemos este lugar, garantimos que ele venha para cá. Neste lugar, os livros do quais já ninguém se lembra, os livros que se perderam no tempo, viverão para sempre, esperando chegar algum dia às mãos de um novo leitor, de um novo espírito. Na loja, nós os vendemos e compramos, mas na verdade os livros não tem dono. Cada livro que você vê aqui foi o melhor amigo de um homem."

domingo, 5 de agosto de 2018

Livros- Fale com Ela- Betty Milan



Betty Milan é psicanalista e escreve em jornais e revistas sobre as variadas questões que afligem a mente humana.
O livro é a compilação de crônicas escritas no jornal em resposta à cartas de leitores.
A autora embasa sua respostas nos saberes científicos da área e também na sabedoria literária, com citações e referências reunidas num apêndice interessantíssimo ao final do livro.
Betty tem blog e seus recadinhos chegam com novidades pelas newsletters.
Uma luz, no mínimo um espinho ou uma coceirinha de incômodo. Nunca a indiferença.

Fale com Ela- Betty Milan- editora Record- 2007- o meu comprei na Feira do Livro na banquinha de promoções, mas pode ser encontrado nas livrarias.

" O que mais importa na vida é ser feliz e , em matéria de felicidade, cada um sabe de si. Não há regras- e a receita, infelizmente, ninguém tem."

domingo, 29 de julho de 2018

Livros- Na América- Susan Sontag



Livro lido por indicação do grupo de leitura.
Susan Sontag é autora americana importante.
Neste romance acompanha-se a história de uma atriz polonesa que , com seus amigos, cruza o oceano em direção à América.
Acompanhamos a vida destes exploradores, aventureiros e corajosos personagens em sua incursão no novo país, os Estados Unidos, sua cultura, e suas condições de clima e geografia tão diversas das da origem do grupo.
Em se tratando da "América" , o que foi ainda é.
Difícil no começo, o livro ganha agilidade e chegamos bem ao fim de 482 páginas de uma linguagem muitíssimo bem cuidada, com boas surpresas no caminho.
Destaco a ênfase detalhista dada ao ofício da atriz.
Um deleite!

Na América- Susan Sontag- Editora Companhia das Letras- 2000- o meu comprei no sebo, mas pode ser encontrado em livrarias.

domingo, 22 de julho de 2018

Livros- A Mortalha- Matheus Arcaro



Livro de contos de Matheus Arcaro, professor de filosofia, querido por seus alunos, corajoso no fazer e que faz a diferença.
Escritor aqui,  da terra do Ribeirão Preto.
Matheus aprimora sua qualidade literária nestes novos contos, seja na temática, seja no estilo.
Abre um espaço para o leitor habitar outras peles, na variedade de suas histórias e de suas personagens.
É sempre muito bom lê-lo.

A mortalha- Matheus Arcaro- Editora Patuá- 2018- o meu comprei diretamente com o autor, pode ser encontrado com ele e na editora.

domingo, 15 de julho de 2018

Livros- Não se pode morar nos olhos de um gato- Ana Margarida Carvalho



Romance premiado, Prêmio Literário Manuel de Boaventura 2017, da autora portuguesa Ana Margarida Carvalho que tem vasta produção em diversos gêneros literários.
Não conhecia nem autora , nem livro.
O que me levou a escolhê-lo foi o título inusitado e o destaque para o prêmio.
Boa escolha!
A história se passa no Brasil do século XVIX e tem como enredo um naufrágio e seus sobreviventes.
Ágil, a trama inclui o momento histórico, as questões da escravatura, das quais sabemos tão pouco,  da religião e as tão humanas, referentes ao desejo.
Escrita inovadora com quebras de linhas em liberdade, uma voz agradável, cuidada e cadenciada, como é próprio da língua portuguesa original.
Uma narração cinematográfica, que coloca o leitor dentro da ação.
Adorei!

Não se pode morar nos olhos de um gato- Ana Margarida Carvalho- Editora Teorema- 2016- o meu comprei na Bertrand, em Lisboa-   pode ser encontrado na Livraria Cultura e em  ebook

domingo, 8 de julho de 2018

Livros- O Ócio Criativo- Domênico di Masi



Este livro vinha me fazendo vontades há tempos.
É fruto de uma entrevista do autor.
Deveria ser lido na escola.
Tudo está escrito, falei isto estes dias, nós é que somos desatentos na leitura.
Um livro que tem 18 anos com explicações sobre o que acontece hoje.
Elucidador! Uma ajudinha para compreender o mundo.
Quero mais disto!

Trecho:

"O que envenena o clima de muitas empresas é o excesso de carreirismo no seu interior e a competitividade com o ambiente externo. Se as empresas transformassem competitividade em competência  e a destrutividade em relações solidárias, ..., se fossem mais cuidadosas com a estética dos ambientes e objetos de trabalho, se adotassem  boas maneiras nas relações interpessoais, se introduzissem um pouco da alma feminina nestes castelos projetados e embarricados pelos homens, se abrissem uma brecha nos seus muros de proteção e permitissem a entrada de um pouco de ar fresco e puro, aí sim é que o trabalho junto ao calor do convívio cordial se tornaria também uma oportunidade para a socialização. "

O Ócio Criativo- Domênico di Masi-Editora Sextante-2000- o meu comprei numa venda de excedentes de uma amiga pessoal- pode ser encontrado em livrarias e por internet

domingo, 1 de julho de 2018

Livros- Mulheres, comida e Deus- Geneen Roth



Está bem! Sei que de vez em quando exagero.
Mas estava barato!
Dificilmente resisto à pechinchas, o que prova algo sobre a teoria mercadológica.
Preço interessa sim! Disponibilidade também!
O livro? O óbvio.
Título chamativo para conteúdo de auto-ajuda.
Novidade para quem nunca viu.
Mais do mesmo material que deve ser visto de maneira crítica.
Verdades pessoais não são universais.
Mulheres, comida e Deus- Geneen Roth- Editora Lua de Papel- 2011- o meu comprei na banca de revista.