segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Carta ao(à) proprietário (a) do cão que sujou a calçada- Eliane Ratier para o blog da Revide



Carta ao(à)  proprietário (a) do cão que sujou a calçada

Caro (a),
 Sei como é ter um animal de estimação, o quanto gostamos dele, às vezes até mais do que os humanos próximos, e por ele nos desdobramos para que tenha suas necessidades, inclusive fisiológicas, satisfeitas.
Assim, mimamos nossos pets comprando comidinhas, roupinhas e os levamos ao banho com frequência, ao veterinário, quando necessário, e ao passeio muitas vezes ao dia.
Todas as ações mencionadas para o bem estar do nosso bichinho que nos dá a alegria e companhia diárias.
Acontece que, numa destas saídas do seu bichinho, devidamente acompanhado pelo senhor (a), ele fez um cocô, bem grande e feio, diga-se de passagem, no meio do passeio público, ali na rua Campos Salles próximo à Portugal, creio que na frente de um estabelecimento comercial.
Este cocô esteve “enfeitando” a calçada todos estes dias, o final de semana, as festas de final de ano, e ainda está lá em frente ao estabelecimento comercial.
Quase o recolhi, mas achei mesmo que o senhor (a) voltaria para limpar.
Hoje choveu e o cocô escorreu em uma massa pegajosa, oferecendo real risco aos atrevidos e necessitados passantes que enfrentam a manhã chuvosa à pé, armados de um guarda-chuva.
Rogo a Deus pela proteção dos usuários da calçada.
Não desejo que ninguém se machuque, nem mesmo o(a) senhor(a) que, com seu descuido, permitiu que se cão fizesse cocô no meio da calçada e, com seu descaso, não o recolheu.
Desejo, sim, ao (à) senhor (a), que tenha em mente a visão da calçada molhada ornada com o cocô não recolhido de seu cão que, além de emporcalhar o caminho, é potencialmente causador de acidente grave, e que esta imagem o(a) persiga acordado(a) e principalmente quando o(a) senhor(a) tentar pegar no sono, e que ela o (a) inspire a carregar saquinhos plásticos nos próximos passeios com seu cão.
Todo bônus tem um ônus.
Cão feliz implica em trabalho para o(a) dono(a).
Ah! O( A) senhor(a) não sabia disso! Agora está sabendo.
Feliz Ano Novo!

Eliane Ratier, irritada por ter passado todos estes dias desviando do cocô, sem saber ao certo se deveria recolhê-lo ou não, torcendo para a faxineira do estabelecimento comercial aparecer logo.

domingo, 21 de janeiro de 2018

Livros- Como se estivéssemos em palimpsesto de putas- Elvira Vigna



Elvira, escritora premiada, faleceu há pouco e não a conhecia.
Seu livro mais recente, este, li em formato digital.
Imediato desejo satisfeito diretamente da notícia do jornal.
A linguagem coloquial, com lugares incomuns, pitadas poéticas sobre uma trama curiosa, inusitada.
Enredo levado com ritmo e suspense. Um olhar pela fechadura do que certamente existe e é pela literatura reinventado e consumido por nós, cúmplices.
Vale este! Vale mais!

Aqui mais:
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/07/1900002-elvira-vigna-se-tornara-uma-autora-brasileira-incontornavel.shtml

domingo, 14 de janeiro de 2018

Livros- Quarto Livro- Nicolas Guto


O Nicolas ,eu e o Quarto


Nicolas Gusto é figura constante nas Feiras de Livro.
Uma presença boa e simpática.
Com sua verve de publicitário faz poemas satíricos e intrigantes pelo múltiplo uso da palavra e dos signos que se misturam e assumem rotas não usuais.
Deixo aqui um poema:

" REPELENTES

DORMIR
COM
OS
TRÊS
MOSQUITEIROS
NÃO
TEM
NADA
DE
ROMÂNTICO "

Quarto Livro- Nicolas Guto- edição do autor- o meu comprei na Feira do Livro de Ribeirão Preto, direto das mãos do mesmo e torço para que você tenha a mesma sorte.

domingo, 7 de janeiro de 2018

LIvros- Quem sabe- Mário Massari



O Mário é poeta de Sertãozinho e este é seu primeiro livro para o público jovem.
Marco as páginas dos poemas dos quais gosto nos livros, para achá-las com facilidade.
Neste livro fiz várias marcas.
Os poemas são de uma simplicidade tocante que tornam a identificação imediata.
Cabem na mente dos meninos, no seu cotidiano cheio de questões.
Mário também partilha de suas buscas e descobertas e com ele vamos nos redescobrindo ainda, em algum lugar, e desconfio que para sempre,  meninos.

" O Palhaço

O palhaço
coitado
que mancada
por conta de uma saliência
na calçada
tropeçou e caiu estabanado
ao som de estridentes risadas.

E ele tão recatado
e discreto fora do ofício
percebeu que não tinha jeito
ser palhaço era mesmo um vício"

Quem sabe?- Mário Massari- ilustrações de Vicente Cornetta- Edição do Autor- o meu comprei na Feira do Livro de Sertãozinho- pode ser encontrado com o autor.

domingo, 17 de dezembro de 2017

Livros- Contraponto- Aldous Huxley



Livro lido por indicação do Grupo de Leitura.
Imenso!
Mais de 400 páginas em letra miúdíssima.
Confesso que, nas primeiras cento e tantas páginas, já tinha me cansado dele, mas o grupo, em sua discussão incentivou-me a continuar.
Foi assim que, passado para o modo lento de leitura, pude conhecer um dos livros mais impressionantes da minha vida.
Coloco-o ao lado de Ilusões Perdidas, de Balzac e  Babbit de Siclair Lewis, onde o tudo , que achamos particularmente nosso, já foi vivido , escrito e decifrado. Um tudo que descobrimos inadvertidamente quando estamos prontos, atentos, lúcidos e com a visão clarificada. Descobrimos para esquecer logo depois. Mas, a literatura está aí para nos fazer lembrar.
Contraponto é um desfile situações e tipos humanos, urbanos e sociais, dissecados e tipificados em detalhes de atitude.
Escrito nos anos 20, com todo o pano de fundo da Londres da época.
Quando entrei no sebo pedindo o livro, o atendente me olhou com espanto desmedido. Em quase trinta anos de serviço, nunca ninguém tinha entrado ali procurando este livro do famoso autor de Admirável Mundo Novo, que já li, distraída,  em alguma outra ocasião.
Livro para ter ao alcance da mão.

"Lá em cima, na sala de estudos, a lição tinha terminado. Pelo menos terminara no que dizia respeito ao pequeno Phil, porque agora ele estava fazendo o que mais gostava no mundo: desenhar. A Srta. Fulkes ,é verdade, dava ao processo o nome de "Arte" ou  de "Educação da Imaginação" e dedicava-lhe meia hora todas as manhãs, das 12 às 12 e meia. Mas para o pequeno Phil , aquilo era apenas um divertimento."

Contraponto- Aldous Huxley- Editora Abril- 1982- deve haver alguma edição mais recente- o meu comprei no sebo.

domingo, 10 de dezembro de 2017

Livros- Pois é, Poesia- vários autores



Coletânea de poemas de vários autores célebres, cada um ilustrado por um artista.
Interessantíssimo formato dirigido ao público juvenil.
Conteúdo valorizado.
Aqui um poema de Mário Quintana

" Adolescente

 A vida é tão bela que chega a dar medo.

Não o medo que paralisa e gela,
estátua súbita,
mas

esse medo fascinante e fremente de curiosidade que faz
o jovem felino seguir para a frente farejando o vento
ao sair, a primeira vez, da gruta.

Medo que ofusca: luz!

Cumplicemente,
as folhas contam-te um segredo
velho como o mundo:

Adolescente, olha! A voda é nova...
A vida é nova e anda nua
_ vestida apenas com o teu desejo! "

Pois É, Poesia- vários- Editora Global- 2004. O meu comprei na Feira do Livro de Sertãozinho.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Livros- Cospe Fogo- Arnaldo Júnior e Cordeiro de Sá.




Mais uma turma de talento indiscutível aqui na terra do Ribeirão Preto.
Uma revista em quadrinhos genial, como é próprio desta turma criativa,  com linguagem de cordel, alternando-se entre texto e ilustração.
Onde um ilustrava o outro escrevia.
Inteligente, interessante, bom em tudo, traço e texto!
Uma felicidade!!

Cospe Fogo- Arnaldo Júnior- Cordeiro de Sá- publicação da RPHQ- Ribeirão Preto em  Quadrinhos- O meu comprei na Feira do Livro de Sertãozinho , pode ser encontrado com os autores, se tiver sorte.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Livros- o Sucesso não ocorre por acaso- dr. Lair Ribeiro





Minha cunhada faxinou seus guardados e repassou-me os livros para um bom destino.
Entre eles, este, de 1993, poucas 130 páginas, autoajuda.
Sei que o gênero é execrado pelos literatos e até temo falar sobre isso aqui, mas encaro-o como um lembrete aos conceitos apreendidos. Mesmo que sejam de senso comum, óbvios e sensatos, às vezes nos esquecemos.
Livros assim pressupõe uma técnica para alcançar um objetivo, mas penso que seja impossível tentar obedecer cegamente à sugestões sistematizadas sem que estas sejam aceitas, digeridas e emanem do próprio ser.
Sei, também,  que quando o discípulo está pronto , o mestre aparece, e não há como condenar a busca.
Sou autodidata e aprendiz contumaz.
Peguei e li, ou reli, pois não me lembro, pela curiosidade sobre as 18 leis universais do sucesso anunciadas na capa.
Certo! Tenho crenças que adquiri com a vivência e a prática , as quais não sei dizer de onde vieram.  O fato é que concordo com o que está no livro.
Lendo-o,  ninguém aprenderá como ter sucesso, mas poderá pensar sobre o assunto de uma outra maneira ou reconhecer ali, seu próprio sucesso ou atos que pratica.

" Se o único instrumento que você tem é um martelo, todo problema que aparece você pensa que é prego. "

O Sucesso não ocorre por acaso- Dr Lair Ribeiro- Editora Objetiva

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Livros- Revoada de Versos- Marciano Vasques- André Luís de Oliveira



Sou fã de André, outra prata da casa.
Professor de crianças, tem o tino certo para o encanto.
Neste livro, traz poemas sobre aves da nossa terra.
Feito em parceria com Marciano Vasques e ilustrado por Renato Andrade, também de Ribeirão Preto, super parceiro do André, e de quem também sou fã.
Deixo um poema na certeza de um sorriso:

" Canário

Espalhados
pelo mundo
das Ilhas Canárias
são oriundos.

Amarelos, pintados
brancos ou alaranjados.

Qualquer que seja
a linhagem
em palco doméstico
ou selvagem
rouba a cena
o cenário
o melodioso canto
dos canários. "

Revoada de versos- Marciano Vasques- André Luis de Oliveira- ilustrações Renato Andrade- Editora Coruja- o meu comprei na Feira do Livro de Ribeirão Preto, pode ser encontrado com os autores.

domingo, 26 de novembro de 2017

Livros- Leviatã- Paul Auster




Livro lido por indicação do grupo de leitura. Escrito na década de 90, o livro aborda a vida de dois escritores que se tornam amigos, mas que seguem, cada qual , seu próprio caminho, nos Estados Unidos da América.
O história se passa num período conturbado dos EUA, pós conflitos marcantes e impasses políticos e apresenta tipos excêntricos que são aparecem em situações que se alternam rapidamente onde o acaso é sempre presente.
Sempre presente também está o fazer artístico , seja o literário , através do narrador, ou o artístico ou mesmo o jeito muito particular de cada um lidar com sua vida.
Uma narrativa rápida e instigante, um triller.
Segundo os colegas, que leram outros livros do mesmo autor, a "Trilogia de Nova York", romance policial, é uma amostra melhor de seu trabalho.

" Livros são objetos misteriosos, disse eu, e uma vez no mundo tudo pode acontecer. Podem causar todo tipo de danos... Para o bem e para o mal, escapam completamente ao controle."

Leviatã- Paul Auster- o meu, edição antiga da Best Seller, comprei pela estante virtual

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Livros- Monólogo de Uma Bruxa de Sucesso- Augusto Carminatti e Rose Lee



Bom! Mais um!
É assim, quando gosto é difícil me conter, e este é lançamento.
Então, como não?
Da Rose Lee já falei aqui e reforço suas qualidades neste livro que traz sua escrita leve, inteligente e bem humorada aliada à temática do empreendedorismo trazida por seu parceiro da vez, Augusto Carminatti.
Augusto é publicitário,vou colocar assim, resumindo suas muitas qualificações, professor, escritor, inquieto e vive inventando "moda" que costuma dar certo.
Entre uma graça e outra os autores passam conceitos para o publico infanto-juvenil que podem fazer a diferença no futuro que se inclina, cada vez mais, na direção do empreendedorismo.
Muito bom!!
Ilustrado pela jovem Rafaella Bortolan.
O livro, em si, feito por uma associação de talentos, prova na prática os conceitos que defende.
Bravo!!!

Monólogo de uma Bruxa de Sucesso- Augusto Carminatti- Rose Lee Santana- Ilustrações Rafaella Bortolan- Editora Em Prosa e Verso- o meu comprei na Feira do Livro de Ribeirão Preto- pode ser encomendado na Editora ou com os autores.

domingo, 19 de novembro de 2017

Livros- D'Além Mar- Jefferson Dickmann- Márcio Martelli



Livro de poemas feitos pela dupla de autores, quase como em uma conversa.
O tema é Portugal, paixão dos autores, que transparece mesmo quando não se fala nele.
Aqui dois dos poemas:

https://youtu.be/45ma_ueuN3U

https://youtu.be/1MiAQZjV98g

D'Além Mar- Jefferson Dieckamann e Márcio Martelli- Editora In House- O meu ganhei de um dos autores- mas pode ser encontrado na editora.

domingo, 12 de novembro de 2017

Livros- Mães do Brasil- diversos autores



Coletânea de textos organizada por Ruth Rodrigues e Márcio Martelli sobre o tema "Mãe".
Participei da antologia com dois textos, um em prosa e um poema.
O livro tem a participação de autores portugueses e foi lançado na Feira do Livro de Portugal de 2017.
O livro traz as múltiplas vozes sobre o tema querido.
Querido foi o livro que me fez atravessar o Atlântico atrás do sonho.
Viagem é o poema que está no livro e foi escrito quando da volta de uma viagem à europa, incluindo Portugal, a terra mãe do Brasil.

Aqui o  poema Viagem:
https://youtu.be/dsoPSzCAvkw

Mães do Brasil- diversos autores- Editora In House- 2017- disponível na editora.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Livros- Essa Tal Ortografia- Rose Lee Santana



Amigos, estes meus vizinhos são de um talento inimaginável!!
De Rose Lee, de Monte Azul Paulista e membro da Academia Ribeirãopretana de Letras,  sou fã.
Além dos  bons livros, sempre apropriados e inteligentes, a autora tem um belo trabalho de contação de histórias e , como professora, prepara e instrui seus alunos com amor e zelo no caminho da literatura.
Apresenta obras e autores com a paixão que eles lhe despertam e cria uma legião de apaixonadinhos.
Planta a semente, rega, põe a estaca, acompanha, admira e torce pelas flores que certamente aparecerão entre seus alunos.
Neste livro fofo a autora explica em versinhos as dúvidas, comuns e recorrentes, sobre o uso das letras, facilitando o entendimento e a memorização.
Deixo aqui um trechinho para vocês:

" R sem erro

 Dona Regra tem razões
Que a própria razão desconhece.
As dificuldades da língua
Ela vem e esclarece."

Essa Tal Ortografia- Rose Lee Santana-  ilustrado por Rafael Louzada- Editora Ilelis- o meu comprei na Feira do Livro de Ribeirão Preto- pode ser encomendado com editora ou com a autora.

domingo, 5 de novembro de 2017

Livros- Toque-me- Eduardo Salvino e os Náuticos



Livro registro de intervenção artística com telefones públicos.
Além do relato, poemas, poemas, poemas.
Feliz!

Aqui um poema de Alex Dias, um dos Náuticos:

https://youtu.be/w9NtD7sETmM

Toque-me- Eduardo Salvino e os Náuticos- Funarte- Bibliotecas